Entendendo o shampoo anti resíduos ou de limpeza profunda – parte II

Entendendo o shampoo anti resíduos ou de limpeza profunda – parte II


Voltando a falar sobre o shampoo de limpeza profunda!

Se você perdeu o início da explicação, é só dar uma olhada aqui.

Então, o segredo para aproveitar o melhor do shampoo anti resíduos é saber como usá-lo 😉
Sua aplicação não deve se dar mais do que duas vezes ao mês, de 15 em 15 dias, e mesmo nestes casos devem ser analisadas as necessidades capilares. Para quem usa muitos produtos finalizadores e de difícil remoção, como silicones, sprays, ceras e pomadas modeladoras, laquês, mousses de fixação, alguns cremes de pentear, ou expõe os cabelos frequentemente à poluição sem proteção adequada, é recomendável uso quinzenal. Nos demais casos, a cada 20 ou 30 dias, conforme a observação de como estão os fios.

Não existe receita universal, você deve sempre buscar entender sua cabeleira, e o que ela está querendo mostrar, hahaha. Eu, por exemplo, quase sempre dou uma pausa de 20 dias, pois uso e abuso de finalizadores, mas meu cabelo é seco nas pontas. Porém, as vezes espero 30 dias, seja porque ele não apresenta aspecto saturado, ou porque está mais ressecado.

Uma coisa é fato: a lavagem com shampoo anti resíduos deve sempre ser seguida por uma mega hidratação bombada! Isso porque as escamas estão muito abertas e limpas . São justo esse fatores que fazem com que o tratamento seja melhor absorvido! Também pode ter havido perda de água e nutrientes, que devem ser repostos para garantir a saúde dos fios 🙂

Falando em hidratação bombada, não necessariamente são os cremes mega caros que têm sempre os melhores resultados. Cada cabeça é uma sentença. De repente a hidratação da moda pode ficar ótima no cabelo de sua amiga, ou de blogueira X, ou naquele programa de televisão. Mas não surtir tanto resultado na sua cabeleira. Por isso você deve sempre observar o que o seu cabelo está precisando!

Independente de qual a sua máscara do coração, tem sempre aquelas dicas e receitinhas para melhorá-la, como adicionar uma tampinha de bepantol, uma ampolinha de vitamina concentrada, uma colher de mel, ou um pouco de óleo vegetal (nunca mineral!) puro.

O modo de passar também é importante, e massagear mecha a mecha garante a melhor distribuição do creme, e a absorção dos fios. Respeite também o tempo de pausa indicado pelo fabricante, e cuide, hidrate e reconstrua seu cabelo, mesmo achando que ele não está precisandoIsso é uma utopia pro meu cabelo, hahaha.

Em breve entrarei com a última parte dos posts sobre o shampoo anti resíduos, até lá! 😉

Anúncios

3 comentários sobre “Entendendo o shampoo anti resíduos ou de limpeza profunda – parte II

Deixe aqui seu comentário ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s