Manual: disfarçando a raiz crescida dos cabelos tingidos

Manual: disfarçando a raiz crescida dos cabelos tingidos


katyraiz

Quem usa os cabelos tingidos, sempre passa vez ou outra pela fatídica situação entre retoques quando a raiz da juba está crescendo e você ainda não teve tempo/dinheiro/disposição pra pintá-la.
Pensando nisso, o post de hoje vai te dar dicas de como ir se virando pra disfarçar ou amenizar o caos problema enquanto a tinta não vem de novo…

Read more

Manual dos belos lábios

Manual dos belos lábios


O título original deste post era Manual dos lábios de mel, mas como pode ser que nem todo mundo goste de doces, resolvi usar um adjetivo mais abrangente, hahahahaha.

como-passar-batom-perfeito-labios_carnudos
Angelina, musa deste post!

 

Fato é que este problema dos lábios ressecados atinge não só quem habita as regiões mais frias do país, como também os que sobrevivem no calor escaldante da linha do equador, tipo eu. Relacionado ou não a fatores climáticos, há também as questões biológicas, que fazem com que alguns indivíduos tenham a pele mais ressecada do que outros.

Vou te ajudar a sair dessa, meegs
Vou te ajudar a sair dessa, meegs

Independente de qual seja o seu caso, o manual de hoje vai dar dicas para meninos e meninas quem atravessam este problema chato e muitas vezes doloroso :/

beberagua

  1. Beba bastante água!

Sim, é uma dica elementar, mas tem muita gente que não segue. Se você quer se hidratar, o primeiro passo é ingerir muito líquido (não me venha com refrigerante, por favor), principalmente água. A hidratação também precisa vir de dentro pra fora, e você só tem a ganhar, porque além dos lábios, pele e cabelos mais belos, seu organismo funciona melhor como um todo.

Então, para atingir sua cota de pelo menos 2 litros diários, transforme a garrafinha em sua companheira (ainda mais se você pratica atividades físicas ou mora em locais quentes, onde perde muito líquido através do suor).

Para os esquecidinhos de plantão, que alegam não sentir sede ou não lembrar de tomar água, podem baixar um aplicativo que vai te lembrar sempre que for necessário e largar de desculpa. Não espere sentir sede, até porque dependendo da temperatura ambiente, isso não vai acontecer (locais frios ou ambientes com ar condicionado) embora você precise de líquido.

Não tinha esfoliante, mamãe passou açúcar em mim...
Não tinha esfoliante, mamãe passou açúcar em mim…
  1. Esfolie os lábios regularmente

Primeiro é importante dizer que regularmente não significa diariamente. A frequência depende das suas necessidades, tem gente que prefere semanalmente, outros acham melhor a cada 15 dias. Veja qual intervalo funciona pra você, de modo que esfoliando seus lábios eles não fiquem machucados nem mais ressecados.

É importante remover as células mortas para que a hidratação externa (tipo balms) seja melhor absorvida, e os lábios fiquem lisinhos 😉

Existem receitas caseiras bem simples, como misturar açúcar e mel para massagear nos lábios, e também os esfoliantes comprados prontos. Fica a critério de quem usa. O segredo é sempre massagear com suavidade, para não machucar. Lembre-se de que a pele é sensível 🙂

Eu gosto de usar um cotonete molhado em água mineral ou água termal, e passá-lo nos lábios girando com cuidado, diversas vezes. Ele remove aquelas pelinhas chatas sem machucar, e deixa lisinho, principalmente para aplicar o batom em seguida 😉 Se você puxa aquelas pelinhas com as mãos, é quase certo que vai machucar!

bda6ac71-1f24-40f7-b1b1-f47b0297c4de

  1. Tenha uma rotina de hidratação labial

Não estou dizendo pra você andar noite e dia escravizado por um balm, ok? Mas tenha uma rotina de hidratação, mesmo quando você achar que não precisa. Digo isso porque muita gente espera a boca rachar e sangrar pra fazer alguma coisa, e se você tiver uma rotina simples, pode evitar isso facilmente.

Minha sugestão é: use um balm durante o dia e algo mais potente à noite. Tem muitos balms no mercado, desde aqueles com cor e gosto, até os que ficam imperceptíveis (viram, meninos?). Veja o que melhor se adapta às suas necessidades e aplique pelo menos uma vez ao dia (pode aumentar a frequência se você passa o dia no ar condicionado ou está em situação crítica de desidratação).

Para usar à noite, já testei muita coisa, mas nada superou o bepantol. Antes de dormir, aplico uma camada fina nos lábios e acordo com eles renovados. É uma solução barata (um tubo rende muito) mas não muito interessante pro dia, porque fica brilhoso e não curto o cheiro nem o gosto da pomada. Já existe a versão do bepantol específica para os lábios, mas não cheguei a experimentar (achei cara demais pro tamanho minúsculo #sinceridades) e a pomada me atende perfeitamente 😉

Viram como não tem nada muito difícil? Os lábios também podem ressecar em virtude de alguns medicamentos e/ou tratamentos de saúde.  Em caso de dúvidas, procure um dermatologista.

Depois que você incorpora estes hábitos à rotina, faz automaticamente e melhora tanto a aparência quanto a saúde dos lábios.

Alguém tem mais alguma dica de cuidados?  ;*

 

Manual da cutícula feliz!

Manual da cutícula feliz!


Ensaiei escrever este post várias vezes no ano passado, mas acabava nunca fazendo. Agora vai! 😀

Você, amiga, que é escrava do alicate de unhas, que não pode ver uma pelinha levantando na ponta dos dedos, que arranca nem que seja no dente… este post é pra você!

As pessoas costumam me perguntar como faço pra manter as unhas sempre em ordem, e principalmente como eu consigo a proeza de não tirar as cutículas, e mesmo assim ter as unhas bonitas. Eu explico: aprendi a conviver bem com elas!

Não que entre nós já tivesse havido alguma animosidade, pelo contrário, nunca entendi bem porque as pessoas cometem tanta violência contra as coitadas das cutículas, se elas estão lá para proteger as unhas. Fato é que acho que só tirei as minhas uma vez na vida, e lembro de ter odiado a experiência.

Sempre tive aflição de outra pessoa mexendo nas minhas unhas, então eu corro longe de manicures e faço sempre as bonitas sozinha. Estou agora numa fase de não usar esmaltes, mas nem por isso eu descuidei de deixar tudo em ordem, lixado, hidratado e bem apresentável (até porque trabalho com as mãos!). Mas você pode conferir como eram minhas cutículas mesmo com uso intenso de esmalte aqui e aqui.

Então vamos para o nosso manual, pra você chegar lá também!

1. Entenda pra quê serve uma cutícula

Você vê uma francesinha linda, né? Eu vejo dedos mutilados :/
Você vê uma francesinha linda, né? Eu vejo dedos mutilados :/

Resumindo a utilidade das cutículas em uma palavra no bom e claro português: PROTEGER.

Sim, a sua cutícula está lá para de proteger do mal. E não para ser roída, arrancada, mordida, cortada, pintada, odiada, hostilizada, e tratada com tanta ingratidão. #drama

A cutícula é a fina pele que protege a base de suas unhas da entrada de fungos, sujeira, bactérias e outros tipos de males, preservando o formato e a qualidade das suas unhas. Percebeu como ela tem toda uma razão de ser? E é uma razão muito nobre, uma questão de saúde.

Por isso mesmo, a retirada das cutículas está relacionada a uma série de problemas nas unhas, como enfraquecimento, descamação, e até infecção por fungos e bactérias, chegando a casos graves, como o contágio de hepatite :/

2. Trabalhe seu psicológico

É isso mesmo, bonitona.
É isso mesmo, bonitona.

Agora que você já sabe a função e de quebra te dei alguns motivos pra repensar seu hábito de mutilar os dedos, é hora de levar em conta um detalhe que muita gente neglicencia: o psicológico.

Conheço muita gente que desconta as frustrações, a raiva, a ansiedade, a fome e toda sorte de sentimentos na ponta dos dedos. Seja roendo as unhas, seja roendo as cutículas, seja andando com um alicate na bolsa o tempo todo pra ficar arrancando as pelinhas. Sério. Muito sério. Seríssimo.

Pode parecer besteira, ou coisa pequena. Mas se você não consegue se manter longe destes costumes auto-destrutivos, ou isso lhe causa sofrimento e incômodo, procure ajuda de um psicólogo. Tenho certeza que não são só suas cutículas que sofrem, muitas vezes aparecem uma série de outros sintomas, como queda de cabelo, problemas no estômago, e por aí vai.

Às vezes a compulsão por arrancar as cutículas é só a ponta do iceberg de um problema maior e que merece atenção :/ Pense bem com carinho e sinceridade se esse pode ser o seu caso, e não se sinta mal em procurar a ajuda 🙂

3. A chave de tudo é a hidratação

O segredo do sucesso!
O segredo do sucesso!

Tudo que suas cutículas precisam, além de compreensão e carinho, é hidratação! ♥

Quanto mais hidratadas, mais bonitas elas ficam, e mais saudáveis também 🙂

No começo, quando você parar de cortar/roer/mutilar elas ainda vão crescer mais do que você gostaria, e vai dar vontade de continuar o ciclo de corte. Mas persista no hidratante e apenas empurre de leve os excessos com uma espátula, para retirar somente a pele morta. Atenção, eu disse DE LEVE.

Com o passar do tempo, elas vão parar de crescer descontroladamente, e você só precisará manter a hidratação. Isso vale principalmente para as moças que trabalham de luvas, ou manuseiam produtos químicos que ressecam as mãos. Mantenha um creminho hidratante na bolsa pra aplicar nas mãos e unhas durante o dia. E aplique também antes de dormir.

No mercado há muitas opções, como ceras, cremes, canetas, etc. para todos os bolsos e gostos 😉

E basicamente, é isso!

A sua manicure muito provavelmente vai chiar, e dizer que a unha só fica bonita sem cutícula (já vi muitas me dizerem isso). Mas resista. Tenha em mente que é uma questão de saúde, antes de tudo.

Sei que pra quem está acostumada com os alicates é difícil mudar o hábito, mas não desista, vale à pena 😉

Se eu ainda não te convenci a parar de tirar as cutículas, veja isso.

Agora que eu tenho fé que você entrou pro time, aqui tem um ótimo passo a passo sobre como fazer a transição.

Por fim, um relato real, pra te incentivar, aqui.

Beijos, amores, e até a próxima! 😀

Manual: maquiagem para peles maduras

Manual: maquiagem para peles maduras


Fazia tempo que não saía um novo manual né? Fiquei refletindo sobre qual tema fazer dessa vez, e concluí que maquiagem em peles maduras ainda é uma pauta que levanta várias dúvidas. Pode até ser que você ainda não tenha a pele madura, mas um dia terá! Além disso, sua mãe, sua tia, e outras pessoas podem se beneficiar de dicas suas, hehehe. Já se você é dona de uma pele desse tipo, se joga! 😉

Fernanda Montenegro, diva deste post!
Fernanda Montenegro, diva deste post!

Claro que também tem dicas que beneficiam moças de qualquer idade, de 8 a 80 anos!

1. Conheça bem seu tipo de pele

Geralmente as peles maduras tendem a ser mais ressecadas. Eu disse geralmente. A da minha mãe, por exemplo, é mista tendendo a oleosa (desde a juventude) até hoje. A maioria das empresas de cosméticos desenvolve fórmulas para a pele madura considerando-a normal a seca. Logo, são fórmulas mais hidratantes e nem sempre livres de óleo. Conheça bem seu tipo de pele (que pode sim mudar com o tempo!) e o tipo de fórmula que melhor se adapta a ela. Uma base para pele madura normal a seca provavelmente vai ser um fiasco na pele oleosa, mesmo que esta seja também madura. Leia os rótulos, pesquise antes de comprar e preste atenção às necessidades de sua cútis, que também pode mudar com o clima. Locais secos pedem mais hidratação, locais úmidos e quentes demandam produtos leves e livres de óleo. Leve estes fatores em conta 😉

2. O primer é seu amigo!

O primer é um produto para peles oleosas, certo? Não somente. Ele é ótimo para a pele oleosa, mas também pode dar uma grande ajuda para a pele madura mista/oleosa, ou mesmo a normal/seca. Primeiramente: o primer é um produto que se aplica antes da maquiagem e ajuda a fixá-la por mais tempo, preparando a pele. Dependendo de qual você use, ele pode combater outros problemas, como poros dilatados, linhas finas/rugas, vermelhidão, ressecamento. Há vários tipos de primers no mercado, desenvolvidos para diferentes tipos de pele. Agora que você já sabe a sua (depois do item 1 já sabe mesmo, né?), pode escolher um primer que atue sobre o que você deseja corrigir.

primer

 

Algumas sugestões:

  1. Primer facial transformador Renew – Avon; (específico pra pele madura, ele é do tipo mais hidratante, uso em clientes de pele normal/seca)
  2. Prep+Prime – MAC; (tem um ótimo fator de proteção solar, FPS50!)
  3. Primers Studio Perfect – Nyx; (O lavanda corrige palidez e pele amarelada, o verde ameniza peles com vermelhidão, e o incolor corrige poros dilatados e linhas finas)
  4. Primer Facial HD – Yes! Cosmetics; (tenho e é ótimo para peles mais oleosas, disfarça linhas finas e poros dilatados)
  5. Pré-maquiagem – Natura Una; (também voltado para a pele madura)

3. Escolha uma base de textura fluida

Uma característica das peles maduras é a presença de linhas de expressão e rugas. E acredite, essas linhas tendem ao mesmo problema, tanto em cútis oleosas, normais ou secas: acumulam qualquer excesso de produto. Então as melhores bases para pele madura são as fluidas, de fácil absorção e cobertura mediana. O pó deve ser usado com cautela, pois também acumula e pode deixar aquele terrível efeito reboco. Os cremes mais consistentes e pesados também podem acumular com o passar das horas e a transpiração normal da pele. Vale a pena testar no próprio rosto antes de comprar, sempre que possível. Na hora da aplicação, a base deve ser passada aos poucos, espalhando bem, e prestando atenção se há excessos em alguma região da face.

baes

 

  1. Base Perfection Lumiére – Chanel;
  2. Base Studio Fix Fluid – MAC;
  3. Base Renew – Avon;
  4. Base Maestro – Giorgio Armani;
  5. Base Líquida – Natura Una;
  6. Base Diorskin Nude – Dior;

4. Cuidado com as cintilâncias!

Isso vale para sombras, blushes, iluminadores e até batons. O excesso de brilho ressalta a flacidez da pele, as linhas finas, os poros dilatados e tende a envelhecer o rosto, principalmente em fotos com flash. Não precisa sair de casa num look total matte, mas é bom evitar blushes cintilantes e sombras muito brilhosas, principalmente as metálicas. O acabamento acetinado suave é o mais bonito e deixa a pele com aspecto luminoso e viçoso. O iluminador pode ser usado, mas suavemente, apenas para dar um glow saudável. Os batons metálicos também ressaltam as linhas finas dos lábios, enquanto as cintilâncias suaves dão a sensação de volume e ficam mais hamoniosas.

pele-madura
Jane Lynch (eterna Sue Sylvester pra mim ♥) sendo diva com uma sombra cintilante na medida

5. Atenção para o batom

O aspecto que mais influencia o uso de batons em peles maduras muitas vezes não é o acabamento deles, mas a fórmula. As linhas finas ao redor dos lábios podem acumular batom e até pior: fazer com que ele escorra por elas. Os batons líquidos, muito cremosos e hidratantes são os que mais pioram o problema, já que derretem mais facilmente. O lápis labial pode ajudar muito nesse aspecto, criando uma barreira que evita que o batom escorra ou borre, porém o mais seguro ainda é procurar fórmulas hidratantes que tenham maior durabilidade e fixação nos lábios. O acabamento matte pode ser um pouco pesado em lábios com linhas, mas o acetinado ou semi fosco é uma boa opção, e ainda evita o ressecamento 😉

Cate-Blanchett-Golden-Globes-Awards-2014
Cate Blanchett é mesmo Lady Galadriel, parece uma elfa de tão bem conservada :O

6. Cuide bem das sobrancelhas!

Com o passar dos anos, é normal as sobrancelhas ficarem um pouco mais ralas e começarem a apresentar falhas. Por isso é essencial corrigi-las e preenchê-las na maquiagem. Mas aqui fica um apelo: nada de preto nas sobrancelhas! Ou cores exageradamente escuras. Elas deixam a expressão pesada e mais envelhecida. Escolha um tom próximo à cor atual dos fios e que fique harmonioso. E preencha suavemente, ok?

Cristiane Torloni não descuida das sobrancelhas!
Cristiane Torloni (a rainha do Nilo, hahaha) não descuida das sobrancelhas!

7. Menos é mais

Pode prestar atenção, nos red carpets da vida as moças mais experientes apostam mais em looks clássicos e minimalistas. Um batom mais forte aqui e ali, mas o foco dos olhos fica nos cílios e numa leve definição rente aos cílios inferiores. O blush suave, porém dando uma cor saudável, e os contornos sem exageros, pouco marcados. Independente da ocasião, acho chique, super elegante! 😉

oscar2013-7
Jane Fonda divando no Oscar do ano passado
A fantástica Meryl Streep como Miranda Priestly, muito phyna!
A fantástica Meryl Streep como Miranda Priestly, muito phyna!

Lembrem-se: o primeiro passo da maquiagem bela é uma pele bem cuidada. Não significa que você precisa de litros de botox ou que ela seja lisinha como a de uma garota de 15 anos. As rugas são marcas de vida, e é possível envelhecer bem com elas. Acho lindo uma mulher com a pele bem cuidada, mas nem por isso expressões engessadas por cirurgias e preenchimento. Dá sim pra corrigir, amenizar, melhorar. Mas bom senso, hein! 😉

Manual: 8 maneiras de variar seu delineado!

Manual: 8 maneiras de variar seu delineado!


Com essa vibe sixties ou sessentinha que tem se disseminado cada vez mais, o delineado voltou com tudo, e tem perdurado nas últimas estações. É uma maneira simples de valorizar o olhar, trazer um ar clássico e ao mesmo tempo sexy às produções, né?

Porém, às vezes parece um tando sem graça ver tantos delineados pretos de gatinho por aí…

Que tal variar o seu traço? Hoje vou mostrar 8 maneiras fáceis de fazer isso! 🙂

451799607

1. Mude a cor do traço

Vamos começar pelo mais simples de todos, ok? Pra variar do traçado preto, você pode usar desde cores mais sóbrias, como marrom e azul marinho, ou opções mais coloridas, como verde, dourado e laranja.

Antes de pensar que vai ficar colorido demais, renda-se aos testes e experimente! Descubra qual a sua cor favorita e que melhor combina com seus olhos. Se você for das mais discretas, é só compensar com um batom cor de boca ou nude.

Mas uma coisa é certa: você não vai passar despercebida, e adeus cara de todo dia sem muito esforço!

375535_318301411528774_290133181012264_1340873_160972109_n

2. Experimente o efeito ombré

Depois de descobrir novas cores, porque não misturá-las? Você não precisa fazer esse arco-íris, mas a partir de duas cores já está valendo 😀 Dependendo da combinação, o efeito pode ser mais discreto ou mais ousado. Vale muito testar no dorso da mão suas ideias e depois ensaiar nos olhos. Sou particularmente apaixonada por esse efeito!

PhotoGrid_1389142521088

3. E o delineado duplo?

Assim como no caso do ombré, você pode experimentar traçar dois delineados paralelos na linha dos cílios superiores, combinando cores. As duplas de claro e escuro costumam ficar lindas!

Para fazer, trace primeiro uma linha mais grossa com a cor superior, e depois, por cima, faça a linha mais fina que ficará rente aos cílios.

Vale, inclusive, misturar texturas, tipo lápis com delineador em gel ou líquido.

tumblr_lwws1dvOUX1r3tiwjo1_500

4. Em vez da gatinha, faça a Cleópatra (ou delineado egípcio)

Do puxadinho de gatinho na ponta todo mundo já tá careca de saber, né? É o mais levantado, cujo ângulo vai em direção à sobrancelha. Já o egípcio, um pouco mais dramático, também é feito rente aos cílios inferiores e segue reto em direção à raiz dos cabelos, sem formar esse ângulo que “sobe” alguns graus.

Fica especialmente lindo em olhos amendoados e grandes, e feito com um traço mais fino e firme.

O comprimento vai depender da sua ousadia. Quanto maior, mais chama atenção. Mas é inegável que traz um ar de mistério ao olhar 😉

delineado-egipcio-kate-winslet-01

5. Para variar o acabamento, adicione sombra

Pra mudar a cara do seu bom e velho delineador preto não precisa de muito. Faça o seu traçado como preferir e depois “carimbe” com sombra ou glitter usando um pincel chanfrado. Fica lindo. Pra conseguir esse efeito da foto, aplique sombra vinho ou marrom avermelhada sobre um delineado preto ou marrom escuro.

Novamente, é testando no dorso da mão que vêm as melhores combinações 🙂

IMG_20140125_191911

6. Um toque de cor nos cílios inferiores faz diferença

Nesta vertente temos o color bocking, como na foto ilustrativa acima, e o chamado “pop of color” que é um efeito sutil, mas ainda assim super charmoso de variar o seu delineado. Dá pra adotar uma vibe mais jovem, descolada, divertida escolhendo cores vibrantes, ou mais clássica e discreta apostando em tons fechados que valorizem a sua cor de olhos (vinho, verde musgo e berinjela são alguns exemplos.

kate-nu-700x594

7. Se nada deu certo hoje, ou a pressa é grande, vá de delineado esfumadinho

Ah, essa é uma das coisas que mais faço, hahaha.

Tem aqueles dias em que a gente acorda de cabelo lindo, mão firme, e tempo ótimo, e dá tudo certo de primeira.

Mas também tem os dias de inferno astral!!! O cabelo se revolta, tudo cai da mão, o despertador não toca, e você errou seu delineado e não dá tempo de arrumar…  ou mesmo nem dá tempo de delinear ou enfeitar muito… afff!

Faça um traço esfumado! É só delinear de qualquer jeito mesmo, apenas se focando em não deixar falhas de preenchimento próximo à raiz dos cílios. Depois esfume com o esfuminho que vem no próprio lápis ou com o dedo e tcharam! Pronto! Se quiser um efeito mais borradinho, termina por aí. Se quiser algo mais arrumadinho, esfume um pouquinho de sombra por cima, num tom que orne com a cor do lápis. Olha a importância de testar e na hora do aperreio saber algumas combinações de cabeça 😉

Por sinal, o lápis pra isso deve ser do tipo mais cremoso, que espalhe melhor sem manchar enquanto você esfuma.

PhotoGrid_1389142801656

8. Tente um grafismo diferente

Sim, dá pra fazer listras bem loucas diferentes e mudar o formato dos olhos. Vale à pena experimentar algumas. Mas já digo que é preciso certa habilidade pra isso, e a prática é o que leva à perfeição 😉

Agora deixo mais algumas inspirações pra vocês 🙂

7

62325_270342623095636_857986914_n

delineador

IMG_20140129_135752

Que tal? Não quero saber de ninguém nesse fim de semana e na próxima semana saindo de casa com o delineado de sempre hein! 😛